2 de fevereiro de 2009

Introdução à legendagem inglês-português à distância - nova turma

==================================
Atualização: este tópico se refere a atividades já encerradas. Veja as postagens mais recentes para ficar a par de novos cursos e eventos.
==================================

Estão abertas as inscrições para mais uma turma. O curso é dado à distância pela Internet, através do sistema Aulavox. Abaixo estão copiadas as informações. Para inscrever-se, clique aqui.

Introdução à legendagem de filmes (inglês-português)

Neste curso você irá aprender sobre tradução audiovisual e detalhes técnicos sobre a legendagem de filmes através de exercícios práticos envolvendo diferentes gêneros e características. Os exercícios serão corrigidos e comentados individualmente.

Programa:

  • Introdução à tradução audiovisual
  • Características técnicas da legendagem
  • Introdução e prática de legendagem para DVD.
  • Exercícios semanais e individuais

Obs.: no fim haverá uma demonstração do uso de um software de legendagem, mas o software não será usado durante este curso.

Data: 16, 23 e 30 de março, 6 e 13 de abril de 2009
Horário:
18h às 19h (Brasília)
Carga horária: 05 horas de aulas, mais exercícios individuais semanais
Investimento: R$ 307,00 (trezentos e sete reais).
Certificado: Será enviado certificado de participação no evento em até 30 dias após sua realização, sem custo adicional.
Local: Evento realizado através de áudio conferência pela Internet. Para saber mais clique aqui.

Palestrante:
Carolina Alfaro de Carvalho é graduada e mestre em letras e tradução pela PUC-Rio. Há mais de 10 anos trabalha com legendagem em diferentes modalidades, em inglês, espanhol e português. Há 4 anos ministra cursos de legendagem e tradução.

15 comentários:

Vanessa Prata disse...

Olá
Cheguei neste blog pelo TeclaSap e gostaria de propor uma troca de links com meu blog: teachervanessaprata.blogspot.com. Abs
Vanessa

Angela disse...

Oi Carol, bom dia.
É o seguinte... quero muito ingressar nessa carreira, e gostaria de saber se realmente é necessário que se faça cursos, se realmente seria um pré-requisito.
Se sim, gostaria de algumas recomendaçoes por favor.
Sei que tem o curso da Gemini e da Cultura Inglesa.
Moro em São Paulo.

Obrigada
e abraços

Angela

Carol disse...

Angela,

O pré-requisito não é o diploma. O pré-requisito é saber legendar um filme. Muita gente aprende isso sem fazer um curso, mas esse aprendizado pode ser imperfeito, pouco eficiente e demorado.

Leia mais sobre o mercado de legendagem e como começar aqui: http://artedatraducao.blogspot.com/2008/07/panorama-do-mercado-de-legendagem.html

Quanto aos cursos, a Gemini oferece as versões básico e avançado. Sei que são cursos bons, mas o básico ainda é bastante introdutório (como este que eu dou através do Aulavox). Só o avançado prepara mais os alunos para trabalharem de fato no mercado de legendagem.

O da Cultura não conheço, mas ouvi comentários muito frustrados de gene que o estava fazendo.

Eu também dou um curso em São Paulo, mas não é um curso regular. Provavelmente teremos uma nova turma no ano que vem. Mais informações aqui: http://www.scribatraducoes.com.br/cursos/

Angela disse...

OiCarol, bom dia.

Instalei o subtitle workshop e tambem dei uma olhada em um tutorial que encontrei sobre ele.

Minha dúvida é: ele serve somente para sincronizar as legendas com o filme ou eu posso criar as legendas nele para depois ajusta-las e sincronizá-las?

É que não encontrei nada sobre fazer a legenda.

Um abraço

Angela

Carol disse...

A tradução, sincronia e revisão das legendas são feitas no Subtitle Workshop.

Adriana Zardini disse...

Que legal este blog! adorei!

Jussara disse...

Olá Carol
Conheci seu blog atraves do blog Tradutor profissional.
Gosto muito de linguas e resolvi conhecer um pouco mais sobre o trabalho de tradução e quem sabe, se achar que tenho talento para tanto, iniciar-me em uma nova profissão.Estou meio triste porque aqui em Santos só existe curso de graduação (4 anos) e o da Cultura inglesa que foi minha opção.Como andei sem praticar o ingles por alguns anos, me aconselharam fazer os últimos semestres do curso regular antes do de tradução e legendagem. Mas, após ler seu comentário já estou triste. Penso em fazer, paralelamente, os cursos à distância indicado por vocês. Alguma dica??

mariane disse...

Oi Carol
Trabalho com tradução literária há mais de dez anos.
Minha formação acadêmica nada tem a ver com meu trabalho.
Cursei Direito na USP e meu inglês veio do Alumni e da minha paixão por literatura americana.
Gostaria muito de fazer legendagem, ou, pelo menos, de conhecer os meandros.
Você acha que posso fazer o curso sem dificuldade?
Mariane

Carol disse...

Jussara e Mariane,

Este curso introdutório à distância é básico, isto é, parte do princípio de que os alunos nunca lidaram com legendagem (meus cursos presenciais partem do mesmo princípio, mas são muito mais longos e aprofundados). Por ser curto e de baixo custo, muita gente o faz justamente para sentir como é o trabalho, como se sai, se acha que leva jeito para a coisa ou não. Posso garantir que todos aprendem muito e "repensam vários conceitos", por assim dizer, em relação à tradução, mesmo que acabem não perseguindo uma carreira em legendagem.

jussara disse...

Carol, obrigada pela resposta, estava esperando ansiosamente.
Tinha dúvidas sobre o curso porque achei que seria para os que dominam profundamente a lingua. Mas agora creio que vou me inscrever.
Mais uma vez, obrigada e quem sabe no futuro eu possa assistir um de seus cursos pessoalmente.

Jamille disse...

Olá, Carol!

Antes de tudo, gostaria de parabenizá-la pelo blog. Cada vez que visito blogs a respeito de tradução, fico com mais vontade de aprender sobre isso.

Tenho uma dúvida quanto à inscrição para o curso. Talvez eu tenha lido na pressa, mas não entendi se, para me inscrever, preciso ter CCA ou não. Desculpe-me se a informação for muito óbvia e eu tiver passado os olhos rápido.

Boa noite.

Carol disse...

Jamille,

Obrigada pelo elogio.

Quanto à inscrição, eu realmente não conheço os detalhes administrativos do Aulavox.

Por favor, escreva para o Valmir: valmir@aulavox.com

Um abraço.

biacatolico disse...

Gostaria muito de fazer esse curso, mas segunda-feira à noite eu trabalho.
Um outro recurso é o curso do Gemini, mas fico me perguntando se seria bom para mim.
Conheço o Subtitle Workshop, crio legendas, sincronizo e traduzo, para vídeos caseiros, nada profissional.
Vc acha que este curso me ajudaria em algo?????
Obrigada.

biacatolico disse...

Só para complementar o recado que deixei acima.
Sei que a Puc também oferece esse curso. Seria ele mais proveitoso que o da Gemini????
Desculpe todas essas perguntas, mas curso é dinheiro. Porque não quero gastar dinheiro, e sim investir.
Obrigada mais uma vez.
Fabiana

Carol disse...

Fabiana,

Só posso falar com conhecimento de causa dos cursos que eu dou:

O da Aulavox não inclui o uso de software, mas é bastante intenso com relação a questões formais essenciais, estratégias de síntese, gramática e estilo.

O curso longo (36 horas) que dou na PUC-Rio e que recentemente dei em São Paulo é muito completo; vai das noções mais introdutórias, do zero mesmo, a exercícios avançados e complexos incluindo a sincronia e questões de formato com o software.

Quanto à Gemini, minha posição é um pouco delicada porque eu presto serviço para ela e sou parceira há bastante tempo, inclusive ajudando um pouco na seleção de tradutores. Tenho certeza de que os cursos são de boa qualidade, pois conheço o pessoal de lá. Mas realmente não conheço a estrutura nem o conteúdo dos cursos. Vale lembrar que há o básico e o avançado e, em tese, você só fica mesmo preparada para atuar no mercado profissional ao concluir o segundo.

Mas, sendo totalmente transparente, a rigor o meu curso e o da Gemini são concorrentes - apesar de termos muito respeito mútuo, de trocarmos idéias e recomendações sobre alunos e de muitos alunos fazerem os dois cursos (alguns fizeram o básico da Gemini e depois o meu, ou o meu e depois o avançado da Gemini, embora eu ache isso extremamente redundante). E, naturalmente, eu prefiro o meu, senão não me dedicaria tanto a ele.
;o)

Qualquer curso longo e completo é caro, principalmente em função da tecnologia envolvida (além das horas de dedicação e o preparo exigido do instrutor). Na minha opinião, o mais importante é perguntar e comparar o programa, o conteúdo, o número de horas e então escolher.