11 de fevereiro de 2012

Artigos sobre tradução audiovisual

No fim de 2011, a PUC-Rio lançou um número especial da publicação Tradução em revista, n. 11, sobre tradução audiovisual. A revista conta com diversos artigos sobre tecnologia, legendagem, dublagem, legenda fechada, audiodescrição e traduções de fãs.

Eu considero imprescindível, para quem se interessa minimamente pelo assunto (nem que seja como "espectador com opinião"), o artigo da Sabrina Martinez, "Tecnologia digital, acessibilidade e novos mercados para o tradutor audiovisual". Ela traça um panorama da evolução tecnológica e as transformações da tradução audiovisual no Brasil, chegando aos reflexos da nova lei da acessibilidade e a recente polêmica sobre a maior preferência pela dublagem na TV a cabo. Pretendo passar a usar esse artigo nos meus cursos, e acho que qualquer um deveria ler esse texto para discutir esses assuntos com uma base maior de informações, transmitidas por quem trabalha e estuda tradução audiovisual há muitos anos.

Aproveitando este assunto: eu recebo pedidos constantes de alunos de cursos de tradução para ajudar com bibliografia sobre tradução audiovisual para trabalhos de conclusão de cursos e monografias. Às vezes fico surpresa quando me dizem que não têm bibliografia para estudar, considerando que o que há por aí hoje em dia daria para passar uma vida estudando -- o que eu acho difícil mesmo é justamente selecionar um recorte relevante.

Então, vou listar aqui alguns recursos e, com o tempo, pretendo expandi-los.

O periódico Cadernos de tradução, publicado pela Universidade Federal de Santa Catarina, e a revista Tradução & comunicação, da Anhanguera (ex-Unibero), não publicaram (que eu saiba) um número especial sobre tradução audiovisual, mas quase sempre há algum artigo sobre o tema em cada número. É preciso garimpar um pouquinho, mas é nisso que consiste o trabalho do pesquisador... ;-)

As duas maiores editoras especializadas em tradução, Saint Jerome e John Benjamins, têm números dedicados ao tema.

A publicação canadense Meta lançou uma edição especial sobre tradução audiovisual em 2004, com artigos diversos de ótimos pesquisadores do tema. Agora no início de 2012 deve sair mais um número especial, que espero poder divulgar em breve.

A nova edição especial da Meta será editada por Jorge Díaz-Cintas, tradutor e pesquisador com uma enorme lista de publicações sobre o tema.

Outros autores onipresentes neste campo de estudo, e que é interessante acompanhar, são Yves Gambier, editor do número da Meta de 2004 e da excelente coletânea (Multi) Media Translation, disponível no Google Books -- o texto introdutório, mesmo tendo mais de 10 anos, continua atualíssimo; Patrick Catrysse; Henrik Gottlieb; além de, no Brasil, Vera Lúcia Santiago Araújo e Eliana Franco.

Autores bons há muitos, mas infelizmente poucos mantêm um site e uma lista atualizada de publicações.

Finalmente, além do que eu já publiquei e apresentei sobre o tema (há pouco disponível online) e do que escrevo neste blog, minha maior contribuição para a área foi minha dissertação de mestrado. Aliás, vale lembrar que as principais universidades do Brasil mantêm catálogos online de trabalhos acadêmicos e permitem o acesso digital a muitos deles.

Este foi só um primeiro apanhado geral. Caso você conheça alguma outra publicação sobre tradução audiovisual, principalmente se estiver disponível online, por favor me informe em um comentário para que eu confira e aumente esta lista. Espero que seja útil!

6 comentários:

lalinho disse...

Muito obrigado pelas referências! Com certeza serão de grande valia!

Filosoficamente Falando..... disse...

Excellent blog indeed, please keep doing it!!! =) I intend to be an excellent translater, for this reason I am always reading your blog. Big hugs from Ceará-Brazil!!!!

Anônimo disse...

Sou tradutor faz tempo, principalmente de assuntos técnicos de qualquer natureza. No entanto, nãoentendi bem o significado de "tradução audiovisual" abordada aqui.
O que´é isso exatamente?

Carol disse...

É a tradução de materiais audiovisuais, através da legendagem ou dublagem, por exemplo.

Um abraço,
Carol.

Anônimo disse...

Carolina, oi. Queria dizer que seus escritos costumam ser tão abrangentemente completos quanto aos temas alvo que raro é ver-se quem os possa complementar -- que dirá melhorar! Meio que na linha d' "a solidão do gênio"... Daí que fica cabendo somente agradecer suas sempre generosas e prestimosas contribuições. :)
Com um abraço,
Karla Sant' Anna
P.S.: Significado e significância das opiniões pró e contra legendagem e/ou dublagem daria ótima monografia - pena que não pareça haver ainda material disponível para um desdobramento aprofundado!, além do excelente escrito da Samanta e mesmo a sua recente postagem em lista Leg 2012. Seria ainda necessário obter conhecimentos de Comunicação, Linguística e mesmo Psicologia, me parece. Ânfan... la nave va... Filosoficamente, me despeço :>

Luciana Nascimento Fernandes disse...

Carolina, quero lhe agradecer imensamente por escrever este blog!
Sou graduada em produção audiovisual e estou fazendo pós-graduação em tradução, com o objetivo de tornar-me tradutora audiovisual. Achei aqui um prato cheio de referências bibliográficas para o meu TCC!
Thank you very much again!